Manaus, 23 de Julho de 2017
Siga o JCAM:

General Barros agora é cidadão amazonense

Por: Tânair Maria tmaria@jcam.com.br
23 Nov 2016, 16h27

O General de Brigada Antonio Manoel de Barros é o mais novo cidadão do Amazonas, conferido pela Aleam (Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas). A homenagem foi realizada na manhã de ontem (22), durante Sessão Especial, no Plenário da Casa do Povo. A propositura é de autoria da deputada Alessandra Campêlo (PMDB), que foi aprovada por unanimidade entre seus pares. A solenidade de entrega da honraria contou com a presença de autoridades civis, militares, dos amigos e familiares do homenageado.

O mais novo cidadão amazonense reconheceu, com humildade, que apenas cumpriu o seu dever de soldado para com a população. "Muito alegre, muito feliz, esse é um grande estímulo para nós militares aqui no Amazonas. Estou extremamente estimulado. Receber esta homenagem me faz olhar para frente, porque nós temos muito trabalho a fazer aqui, baseados na legalidade, na nossa Constituição, nossa gente e nosso povo precisa muito", agradeceu.

Paulista de nascimento, o general Barros, agora pode dizer que também é um cidadão amazonense legítimo. Ele está cumprindo a 5ª passagem pelo Exército Brasileiro, no Amazonas. "Comecei como comandante do Cigs (Centro de Instrução de Guerra na Selva), depois, eu voltei para o CMA (Comando Militar da Amazônia), fui para São Gabriel da Cachoeira e vou morar por aqui quando for para a reserva", relatou.

Segundo o homenageado, a logística é o maior desafio enfrentado no Amazonas e em toda a região Amazônica. "Os desafios são grandes. Nós estamos falando aqui, em um local muito diferenciado. A primeira coisa que nós pensamos sempre, em qualquer ação nossa aqui, é na logística. As distâncias são continentais", destacou.

A deputada Alessandra Campêlo (PMDB) conheceu o general Barros quando foi subsecretária da Sepror (Secretaria de Estado da Produção Rural). A indicação foi devido ao trabalho social de excelência, realizado pelo general Barros junto aos ribeirinhos e produtores rurais. "Na ocasião, o general abriu as portas do Cigs para que o governo do Estado fizesse o Feirão da Sepror. Desde então a população pode ter acesso a produtos agrícolas de boa qualidade e de baixo custo", disse.
Entre os presentes na Sessão Especial, destaque para o Comandante do 9º Distrito Naval, o vice-Almirante Luiz Antonio Rodrigues Hecth; o ex-deputado Chico Preto; o presidente da CDLM, Ralph Assayag e o presidente do Jornal do Commercio, Guilherme Aluízio.


Balanço

De acordo com o Comandante Militar da Amazônia, General de Exército Geraldo Miotto, neste momento em que o país passa pela maior crise já registrada na história, o CMA (Comando Militar da Amazônia) reúne seus comandantes para um balanço das operações realizadas em 2016 e quais serão as prioridades para 2017. "Nós estamos agora numa reunião de comando. Todos os sete generais do CMA estão aqui em Manaus, comandantes dos quartéis da grande Manaus, estamos tratando do que nós fizemos até agora, as nossas operações de defesa da Pátria, que foram várias. E também estamos tratando para o ano que vem o que vamos fazer", informou.

O general Miotto, ressaltou a presença das Forças Armadas durante os grandes eventos realizados em Manaus. "Nossa participação nas Olimpíadas que foi um marco excelente, trabalhando com coordenação com os órgãos de segurança pública. Foi um trabalho de sucesso, um exemplo para o Brasil do que foi feito em Manaus. E também o trabalho nas eleições, que não ocorreu um incidente se quer, não só no Estado do Amazonas, como nos outros Estados que fazem parte do Comando Militar da Amazônia", comemorou.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário