Manaus, 22 de Novembro de 2017
Siga o JCAM:

Meta é recuperar Iranduba

Por: Tânair Maria tmaria@jcam.com.br
20 Dez 2016, 17h59

O prefeito eleito de Iranduba pelo DEM, Chico Doido, vai priorizar o sistema de saúde e a limpeza do município da RMM (Região Metropolitana de Manaus). Ele disputou o pleito em outubro de 2016 pela coligação "IRANDUBA TEM JEITO". Sem perder a esperança de comandar a prefeitura do município vizinho, distante 27 quilômetros de Manaus, ele foi candidato pela quarta vez sempre com promessas de mudanças. Ao receber a diplomação na manhã de segunda-feira (19), o prefeito concedeu entrevista exclusiva ao Jornal do Commercio, falando sobre as parcerias com o governo do Estado para ajudar a tirar o município do Estado de calamidade pública, onde a falta de fornecimento de água e de remédios são os principais problemas para serem combatidos no início de sua gestão.

Chico Doido é o apelido do empresário Francisco Gomes da Silva, natural de Iranduba, nasceu no dia 15 de dezembro de 1958. Seu grau de instrução é ensino fundamental incompleto, atualmente, seu estado civil é divorciado. Aos 58 anos, ele conquistou a maioria do eleitorado irandubense vencendo nas urnas com 10.497 votos, o que corresponde a 57,63% dos votos válidos. Assim foi o resultado das eleições 2016, alcançado com o apoio da legenda composta por 10 partidos: DEM, PEN, PPS, PROS, PV, PSL, PMN, PTN, PPL e PP.

Jornal do Commercio: Ao ser diplomado, como o senhor vê o município hoje?
Chico Doido: Hoje o nosso município está em estado de calamidade pública. O Iranduba, hoje, está com uma dificuldade financeira muito grande, a respeito de caixa. Mas, tenha certeza, assim que eu conhecer a realidade da situação de Iranduba, nós vamos cair em campo. Nós vamos trabalhar para que possamos construir uma Iranduba melhor, se Deus quiser.

JC: A transição já está sendo feita?
Chico: Estamos fazendo. Mas, agora me ocorreu que por Iranduba já passou vários prefeitos e nunca teve uma transição. Está tendo agora. Hoje que a oposição conseguiu tirar a prefeitura da mão desse grupo. Para se ter uma ideia, há 34 anos a prefeitura era comandada por um grupo, que nunca teve transição e agora está tendo, e o negócio está muito feio, a situação está muito difícil. Vai ter muito trabalho pela frente, mas eu gosto de trabalho e de desafio.

JC: Quais são as promessas de campanha que serão priorizadas na sua gestão?
Chico: As prioridades do Iranduba, hoje, estão na saúde precária, na infraestrutura precária e na falta d'água para a população. São 34 anos que Iranduba passou a ser município e a cidade não tem água. Então, tenha a certeza que nós vamos agir com sinceridade, com honestidade nessas áreas, para que nós possamos ter uma Iranduba melhor. Eu sou aquela pessoa que só posso falar alguma coisa se souber que posso fazer algo melhor.

JC: Assim que o senhor assumir a prefeitura, qual será o seu primeiro ato que a população irá apoiar?
Chico: Nós temos uma preocupação com o período escolar, mas sabemos que é pouco tempo para se reestruturar as condições dos colégios nos beiradãos, que estão com muita dificuldade, onde a situação é precária. No entanto, nós temos que imediatamente colocar remédio nos postos de saúde, nos hospitais e temos que fazer uma limpeza na cidade. Iranduba está só mato, só lixo, só lama. É isso que nós vamos fazer logo nos primeiros cinco dias de trabalho e em seguida nós continuamos com outros trabalhos.

JC: De que forma a sua administração pretende enfrentar essa crise que vem assolando a economia do país e que afeta diretamente os municípios?
Chico: É com muita cautela que eu repito que só vou poder ter uma base do que eu posso fazer, na realidade, a partir do ano que vem, depois de fevereiro. Nós precisamos saber a situação de Iranduba, que está com uma dificuldade muito grande, dívida em cima de dívida. Inclusive, dívidas judiciais, por isso eu estou muito preocupado, mas graças a Deus eu tenho uns parceiros, como deputado estadual e federal, o governador do Estado.

JC: O senhor já está articulando com o governo do Estado?
Chico: Foi uma surpresa, que eu fiquei muito feliz, o governador bateu na porta da minha casa sem nem eu saber. Ele está disposto a nos ajudar e assim ajudar Iranduba.

JC: Essa visita foi durante a inspeção das obras de duplicação da AM-070, que aconteceu no domingo passado?
Chico: Foi sim. Ele, o governador, passou em minha casa e essa visita foi muito produtiva, vamos fazer parceria para agilizar os investimentos na infraestrutura do município. Graças a Deus, entre eu ele, nós temos uma parceria muito boa.

JC: A cidade está sendo um vetor de desenvolvimento imobiliário, do ecoturismo e da economia em geral. O senhor também acredita nesse potencial de Iranduba, para sair da crise?
Chico: Sim. Eu estou contando muito com apoio dos deputados tanto federal como estadual, de todos. Eu nem fui atrás e fiquei muito feliz com os deputados ligando pra mim, dizendo: "Ei Chico, prefeito, eu tenho uma emenda(zinha) aqui para você, para o seu município. Quer dizer, eles estão acreditando em mim. Eles estão jogando as cartas para mostrar que tem confiança em mim. Não foi só um nem dois, foram uns cinco. Então, isso me deixa feliz, me dá mais segurança para que nós possamos fazer um bom trabalho.

JC: Qual o seu recado para a população de Iranduba?
Chico: Peço para que os meus irmãos irandubenses tenham um pouco de paciência, porque nós vamos sim conseguir reconstruir a cidade de Iranduba. Mas não dá para fazer tudo em dois ou três meses. Já tem um pessoal me julgando dizendo que eu estou mentindo. Se eu nem assumi, como é que eu estou mentindo? Não comecei a fazer nada ainda, mas tem uma meia dúzia de pessoas hipócritas, que eram do governo passado e ficam querendo fazer oposição. Isso é normal, eu vou aceitar isso de forma natural e mostrar meu trabalho, mas que falem a verdade e não fiquem levantando falso de ninguém.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário