Manaus, 23 de Julho de 2017
Siga o JCAM:

Tempo bom para viajar

Por: Tânair Maria tmaria@jcam.com.br
13 Abr 2017, 19h43

No primeiro trimestre do ano, mais de 80 mil pessoas viajaram pelo território nacional utilizando o serviço online da agência de viagem premium. O ticket médio apurado foi de R$ 3.450,00, com impacto econômico variando entre R$ 9,1 bilhões a R$ 10,9 bilhões em toda a cadeia do setor de Turismo brasileiro. É neste cenário que especialistas afirmam que em 2017 os ventos sopram a favor do turismo no Brasil. A Abav (Associação Brasileira de Agências de Viagens) estima um aumento de 5% a 6% na movimentação anual do turismo doméstico, principalmente por conta dos feriados, 10 deles prolongados.
De acordo com o MTur (Ministério do Turismo) a expectativa é que os números sejam ainda mais positivos no primeiro trimestre deste ano, do que os divulgados no início do ano, referentes ao último trimestre de 2016 quando o setor superou 37% do faturamento esperado, isso graças ao movimento registrado no Carnaval 2017.

Em fevereiro, o MTur em conjunto com a FGV (Fundação Getúlio Vargas), realizou uma pesquisa de Sondagem do Consumidor - Intenção de Viagem, na qual identificou que 21,1% dos brasileiros têm a intenção de viajar nos próximos 6 meses, 75,8% para destinos nacionais e 23,3% para o exterior. Entre os entrevistados, 49,4% pretendem se hospedar em hotéis e pousadas, número cerca de 2% superior ao identificado no mesmo mês de 2016.

Dados divulgados no balanço da CVC Viagens e Turismo referentes ao primeiro trimestre deste ano, destacam o desempenho em março na rubrica Lazer, com o total de R$ 554 milhões. Este resultado já é considerado recorde histórico da companhia, superando outubro de 2016, quando a operadora reportou R$ 538 milhões em vendas. As reservas confirmadas totalizaram R$ 1,5 bilhão no primeiro trimestre de 2017, representando crescimento de 15,2% versus o 1T16.

Para o presidente da CVC, Luiz Eduardo Falco, nos últimos 12 meses, as vendas das lojas atingiram alta de 6,2%, superando a inflação (IPCA) do período de 4,76%. "Ainda há uma defasagem dos últimos dois anos a ser compensada, mas a tendência atual é de recuperação. Estamos observando um crescimento interessante desde o terceiro trimestre do ano passado. Tudo isso é reflexo do nosso empenho no dia a dia", frisou.

A startup Zarpo, é uma agência de viagens online focada em resorts e hotéis premium, que confirma o crescimento do setor de turismo inclusive com reflexos na procura por viagens de luxo. Apenas no primeiro trimestre de 2017, a operadora obteve um faturamento de R$ 40 milhões, 60% superior na comparação R$ 25 milhões registrados no mesmo semestre do ano anterior. Sendo, 78% proveniente de reservas de hotéis e 22% de compras de pacotes internacionais, que incluem hospedagem e transporte aéreo. O Zarpo também identificou que 71% da sua receita foi obtida por meio de compras feitas no desktop e 29% por dispositivos mobile.

Segundo o cofundador e co-CEO da Zarpo, Alexis Manach, contrariando as estatísticas de que, geralmente o segundo trimestre do ano é mais fraco no turismo com a chegada da baixa temporada, a operadora pretende continuar investindo para manter o crescimento. "Nossos resultados foram muito satisfatórios, pois superamos em 10% a expectativa que tínhamos em relação ao primeiro trimestre. Agora, temos boas perspectivas, impulsionadas pelos feriados prolongados que vêm pela frente e as estratégias de crescimento desenvolvidas no primeiro trimestre", afirma.

Para Manach uma das estratégias para manter o crescimento dos negócios é expandir para outras regiões do país, já nos próximos meses.

"Queremos oferecer novos destinos, tarifas mais baixas e o dobro de datas disponíveis em outras regiões.

Tudo para que nossos associados possam curtir uma viagem incrível, sem precisar sair do país ou ir muito longe de casa", disse.

Entre os destinos nacionais mais procurados, destacam-se o interior de São Paulo e a Praia do Forte, na Bahia. A região amazônica ainda precisa ser mais trabalhada. Já entre os destinos internacionais, as novas estrelas montantes foram Jamaica e Nova Iorque que cresceram muito em relação ao período anterior.

Líder no segmento premium, a operadora de viagens online Zarpo oferece, aos cinco milhões de brasileiros cadastrados no site, privilégios exclusivos e descontos especiais com uma rede selecionada de parceiros hoteleiros e companhias aéreas. "O segredo da startup foi aumentar sua atuação de maneira acelerada, ao priorizar viagens de alta qualidade, bem como, investindo no atendimento ao consumidor exemplar e customizado", concluiu o co-CEO.

Comentários (1)

  • WELL14/04/2017

    A região AMAZÔNICA precisa de um bom MARKETEIRO que leve as informações certas para os ESTRANGEIROS. Nossa AMAZÔNIA é conhecida no MUNDO, mas infelizmente não sabemos EXPLORAR através de uma boa PROPAGANDA.

Deixe seu Comentário