Manaus, 24 de Abril de 2017
Siga o JCAM:

Congresso vai discutir engajamento

Por: Jefter Guerra jguerra@jcam.com.br
17 Abr 2017, 19h25

Maior evento de Gestão de Pessoas da região Norte do país, o Congresso Amazônico de Gente e Gestão da ABRH-AM (Associação Brasileira de Recursos Humanos) está com inscrições abertas para sua 16ª Edição.

O evento será realizado nos dias 18 e 19 de maio no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques.

De acordo com a presidente da ABRH-AM, Kátia Andrade, o Congresso propõe uma reflexão sobre o atual cenário do ambiente de negócios na perspectiva da retomada do crescimento. "A temática do Congresso tem como propósito uma nova abordagem sobre o cenário de crise do país, onde a falta de credibilidade política, de escassez econômica e de incertezas no ambiente empresarial, tem paralisado a economia", ponderou ela.

O evento este ano inicia com o credenciamento a partir das 8h e segue com a programação até as 20h. "Serão dois dias de reflexão e aprendizado intenso, que temos certeza contribuirá para o crescimento pessoal e profissional de todos", explica a presidente da ABRH-AM.

Renomados palestrantes
Durante esses dois dias, o evento terá palestrantes conhecidos no ambiente corporativo, especialistas respeitados no cenário nacional, que abordarão os três eixos temáticos do Congresso, com o objetivo de conduzir a uma reflexão coerente para apoiar os participantes dentro da perspectiva que possibilite a construção de ambientes mais saudáveis e mais produtivos.

Com o tema "Engajamento: A conectividade emocional que eleva o propósito", o professor da disciplina de Motivação e Engajamento na pós-graduação em Psicologia Organizacional da Unifacs (Universidade de Salvador) e palestrante do Congresso, Edu Santos, despertará nos participantes a reflexão sobre a aplicação da verdadeira concepção do engajamento no ambiente corporativo, entre outros subtemas. "Pois hoje a gente fala em uma era de tecnologia que dá muita ênfases aos Gadgets, que são dispositivos portáteis de variados segmentos como smartphones, MP3 ou MP4 players, tablets e diversos outros aparelhos, em que as relações estão cada vez mais virtuais, e, por causa deles, as pessoas estão cada vez mais perdendo o contato direto e a percepção, diga-se de passagem, conforme uma linha de pesquisadores neurocientistas, a percepção é a competência da década de 20 desse novo milênio".

Para o professor, atualmente no Brasil o setor de Recursos Humanos de Gestão de Pessoas passa por um período de grandes desafios, porque o país vem saindo de uma crise política econômica de caráter institucional. "E quem planeja estratégias? São pessoas. Por isso, cada vez mais a área de gestão de pessoas tem o desafio de fazer o melhor recrutamento e seleção desses profissionais. Bem como, o treinamento e desenvolvimento compatível com as competências, não só técnicas, mas emocionais e motivacionais de cada colaborador. Via de regra, o que acaba acontecendo, é que as empresas estão somente dando ênfases as competências técnicas, esquecendo das competências motivacionais e emocionais, que influem no comportamento do dia a dia dos funcionários. Vejo que hoje os problemas que a gente enfrenta nas empresas passa muito mais por uma questão comportamental. E isso decorre também do fato de que há um viés, único e exclusivamente econômico: metas, dinheiro e resultados. Não há uma ênfase na proeficiência para que as pessoas consigam fazer mais, melhor e com menos. Então o grande desafio é, desenvolver as pessoas para serem mais proeficientes, mais eficientes, por via de consequência, o resultado financeiro acaba surgindo ao natural", diz ele.

Santos destaca que, hoje, as pessoas têm uma noção muito equivocada do conceito de engajamento. "Vamos começar pela etimologia da palavra, que vem do francês enganjer, que significa prestar compromisso ou comprometimento. Ocorre o seguinte, pela influência da área do Marketing na gestão de pessoas, acaba tratando engajamento como fosse um simples envolvimento , aquela coisa do `Like`, Curtida e da `Participação´. Mas a verdadeira definição de engajamento é o voluntário de vínculo emocional. Então se é um ato voluntário, não há nada que a empresa possa fazer para engajar o funcionário, ela tem que ter o propósito claro, definido e nobre, para que esse colaborador, quando vai ingressar na empresa, ele se identifique com esse propósito, depois verifica se tem alinhamento entre os valores dele e os da empresa para, a partir desse ponto, o funcionário concluir: eu estou engajado com o negócio dessa empresa, e pensar: é importante para ela, pra mim e para o cliente. Então as palavras-chave são: ato voluntário de vínculo emocional. E os desafios das empresas é criar vínculos emocionais", diz ele, ao ressaltar que, o que o identifica também um funcionário engajado é o prazer que ele tem na atividade que exerce.

Pilares do Congresso
E com o desafio de refletir e encontrar novos caminhos para a retomada do crescimento, alavancando resultados sustentáveis, pautados na ressignificação da gestão de gente e de negócios, o 16º Congresso de Gente e Gestão da ABRH-AM vem suportado por três pilares:

Governança, que significa entender como boas práticas de governança corporativa podem contribuir para a sustentabilidade do negócio ética, eficácia nos controles, transparência nas relações, bem-estar compartilhado, lembrando que os fins NÃO justificam os meios.

Inovação, diz respeito a processos e soluções inovadoras que podem potencializar resultados e impulsionar a geração de mais valor para você e para sua organização olhar e fazer diferente gerando resultados sustentáveis.

Conectividade, remete à constatação do impositivo da união, do estabelecimento de vínculos e parcerias para gerar engajamento na busca de estratégias exitosas, pensando em informação conectada transformada em inteligência competitiva para resultados sustentáveis.

16ª EXPO de Produtos e Serviços de RH
É importante destacar que o Congresso também contará com os espaços alternativos: Inovação, Carreira, Qualidade de Vida e Arena Social.

Nesses espaços os congressistas e visitantes da Expo RH terão acesso a tecnologias e soluções para a gestão de pessoas e negócios.

Aberta ao público, a Expo RH trará expositores de produtos e serviços, inovações e soluções pensadas para atender às necessidades das empresas.

Os visitantes da Expo terão acesso às palestras gratuitas oferecidas pelos expositores com temas atuais e relevantes, de forma a disseminar e disponibilizar o conhecimento a todos.

Mais informações pelos telefones :
3238-5386 - 99146-0412 ,pelo e-mail congresso@abrham.com.br, pelo site www.abrham.com.br ou pelas redes sociais da instituição : facebook.com/ABRH-AM | Instagram: @abrhamazonas | Twitter: @abrhamazonas. E a venda de Estandes pelos telefones: 3238-5386 | 99116-2981 ou pelo e-mail contato@abrham.com.br.

Currículo Edu Santos
É professor da Disciplina de Motivação e Engajamento na pós-graduação em Psicologia Organizacional da Unifacs (Universidade de Salvador), MBA em Gestão de Pessoas (Facel/PR), graduado em Ciências Jurídicas e Sociais (PCURS), palestrante especialista em Gestão Motivacional e poeta.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário