Manaus, 11 de Dezembro de 2018
Siga o JCAM:

Etiqueta em processos seletivos

Por: Paula Pedrosa
01 Ago 2018, 16h57

Crédito:Paula Pedrosa
Nosso dia a dia aqui na Paula Pedrosa Headhunter é lidar com vagas de emprego. Sejam pessoas procurando emprego, sejam empresas buscando por profissionais. Nossa equipe de Recrutamento & Seleção trabalha diversos processos seletivos ao mesmo tempo, para diversas empresas e diversos níveis de vagas. E ao longo dessa nossa rotina profissional, nos deparamos com muitos acertos, mas infelizmente muitos erros também.

Minha ideia hoje é ajudar você a não errar nos processos seletivos. Não vamos falar somente sobre o momento da entrevista em si, mas sobre o processo seletivo completo.
O primeiro passo será verificarem seu currículo. Dessa forma, você precisa ter um currículo atrativo. Já falamos e falaremos mais sobre um currículo que brilhe os olhos, mas é importante que seu currículo seja claro e tenha informações objetivas. Revise seu currículo a fim de não ter erros gramaticais e ortográficos (sim, até isso é avaliado).

O segundo passo será receber uma ligação. Todo processo seletivo tem uma triagem inicial via telefone, onde algumas informações serão confirmadas e se tudo correr bem, o agendamento dessa entrevista será feito. Falando sobre telefone, fique atento a ele. Se você estiver enviando seu currículo para vagas, seu celular precisa estar sempre por perto e carregado. Atenda o telefone "sorrindo". Sim, via telefone você consegue saber se a pessoa está bem ou mau humorada. Seja cordial e simpático, mas seja profissional. Não queira ultrapassar a barreira do cordial e simpático, indo para questões pessoais. Se você estiver em um local barulhento, vá a um local mais tranquilo para falar. Finalize a ligação formalmente -não mande beijos para o recrutador.

Ao ir para a entrevista, chegue entre 15 e 10 minutos de antecedência. É importante que você vá para a entrevista sem nenhum acompanhante. Sinceramente, não pega bem você ir acompanhado do seu cônjuge, namorado, pai ou amigo -passa a ideia de que você é muito dependente, e até para ir à uma entrevista de emprego precisa de companhia. Caso essa pessoa tenha que estar com você até por motivos de locomoção, o ideal é que ela aguarde do lado de fora da empresa ou dentro do carro. Nem mesmo na recepção é adequado para que ela fique, pois os Recrutadores sabem o que se passa com o candidato não somente dentro da sala de entrevista, mas também o que acontece enquanto ele aguarda.

Falando sobre isso, aproveite o tempo de espera de forma positiva. Não é interessante ficar no celular enquanto aguarda -você pode passar a imagem de que não sabe fazer bom uso do celular, em outras palavras, que é viciado e quem sabe ficará utilizando-o no horário de trabalho. Boas sugestões para uso desse tempo positivamente, são: aproveite para conhecer um pouco mais da empresa -leia os quadros com certificados, premiação, missão e valores; outra boa ideia é levar um livro atual e preferencialmente da sua área de atuação e aproveitar o momento para ler -você passará a ideia de ser atualizado na área e focado em resultados. Se for conversar com alguém na recepção, fale sobre situações positivas e procure ter o tom de voz baixo.

Após as entrevistas, aguarde o feedback do entrevistador. Caso demore duas semanas ou mais, você pode ligar ou enviar um e-mail pedindo retorno. Não ligue todos os dias, pois você se tornará chato e o entrevistador poderá criar aversão a você. Ao receber o feedback, seja positivo ou negativo, tenha uma boa atitude, agradecendo pelo retorno e se colocando a disposição para participar em outras oportunidades, ou (se Deus quiser) agradecendo pelo empenho do profissional em selecionar você, fazendo votos de que a parceria na nova empresa dará certo.

Boa semana!
Fiquem com Deus!

Comentários (0)

Deixe seu Comentário