Manaus, 21 de Julho de 2018
Siga o JCAM:

Educação e qualificação 'on demand'

Está ficando para trás o tempo em que o aluno ia para a escola ou universidade, assistir às aulas numa sala, diante de um professor. Com a internet cada vez mais interativa, o professor continua em alta, mas o espaço físico dos estabelecimentos de ensino podem vir a desaparecer, dando lugar às telas do note book, do tablet, e do celular. E o prime...


Inclusão financeira e empoderamento do cidadão

A oportunidade de inclusão financeira no Brasil se torna real -especialmente ao trabalhador de baixa renda. É o caminho para esse público contar com serviços que ele ainda não tinha acesso, por meio da popularização dos meios eletrônicos de pagamento -movimento em curso pelo Banco Central na tentativa de reduzir a circulação de dinheiro em espécie ...


Uma abertura comercial inteligente

A maior abertura do Brasil ao comércio internacional com redução linear de alíquotas do imposto de importação como tem sido defendida publicamente por representantes do governo , não se caracteriza como uma solução absolutamente razoável para a inserção do Brasil no livre comércio. Há décadas temos estudado a questão do desenvolvimento do p...


Amazonas - uma economia endógena - Parte 1

Tenho recebido críticas de muitos leitores sobre os temas que discorro em meus artigos semanais, inclusive de minha esposa, que dizem não entender muito bem os assuntos tratados e indicam que passe a escrever sobre o cotidiano do Estado do Amazonas e, principalmente da capital Manaus. São pouquíssimos eventos e fatos que me surpreendem, porém admit...


Proibida a entrada da turma do contra

Sei que nada é mais livre do que a burrice. A inteligência tem limites e a sabedoria exige imenso autocontrole. Mas a burrice não conhece obstáculos. Quando contrai matrimônio com uma ideologia, qualquer dessas que por serem também burras são contra tudo que delas não provier, surge uma energia destrutiva na sociedade. Porto Alegre, a bela capit...


O desserviço prestado ao cidadão pelas Agências Reguladoras

Em clima de salve-se quem puder ou quem tiver padrinho político, o Brasil virou um samba de brasileiro doido de raiva, indignação e desesperança. Com a nova redefinição do papel estatal brasileiro, que passou a ser menos produtor e mais regulador a partir de 1990, foram criadas as Agências Reguladoras, cujo objetivo é exercer a fiscalização e o con...


Para conhecer a economia amazonense

Que a economia do país está capenga, isso todo mundo sabe. E o Amazonas segue no mesmo ritmo. Mas quem quiser saber um pouco mais sobre a história da economia no Estado desde que os primeiros colonizadores aqui chegaram e como foi seu desenvolvimento, entre altos e baixos, até os dias de hoje, pode ler a segunda edição de 'Notas históricas da econo...


Crise derruba confiança do empresário do comércio

Recentes dados da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) apontam para dias difíceis para o comércio no Brasil e consequentemente refletindo no varejo amazonense. O Icec (Índice de Confiança do Empresário do Comércio) nacional divulgado ontem (19) recuou 4,3% na passagem de junho para julho deste ano fazendo o indicador ...


Nova lei do distrato e o futuro do mercado imobiliário

Hoje em dia, não existe lei que regulamente o distrato, que é o desfazimento de contratos celebrados para a compra de imóveis na planta. Atualmente, quem se encontra nessa situação, deve submeter-se a um acordo com o incorporador ou, quando não é possível, a uma ação judicial. Diante da crise imobiliária que temos passado nos últimos anos, composi...


O papel do professor na Educação de Jovens e Adultos

Ser professor da EJA (Educação de Jovens e Adultos) é promover aos alunos uma nova perspectiva de ganho dentro desse universo da educação, muito deles por motivos diversos, veem no programa uma oportunidade de realização de conclusão do ensino fundamental e médio como uma nova chance de galgar objetivos que mudaram de maneira direta ou indireta pla...


1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6