Manaus, 19 de Setembro de 2017
Siga o JCAM:

Turbilhão político afeta economia

A decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em manter a cassação do mandato do governador José Melo (PROS) seguida da determinação de realização de novas eleições nos próximos meses, preocupa empresários do segmento comercial. Para os representantes, uma nova gestão, neste momento, poderá resultar em interrupção nos programas de investimentos pr...


Movimentação de cargas em alta

No primeiro trimestre deste ano o Teca (Terminal de Cargas) do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes registrou crescimento de 42% na movimentação de cargas, entre importação e exportação. Nos primeiros meses de 2017 a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) contabilizou o volume de 7,5 mil toneladas. Enquanto no mesmo período ...


Duas rodas dá sinais de reação

Após um ano difícil, o setor de duas rodas fechou o primeiro trimestre de 2017 com saldo positivo frente a 2016. Segundo a Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), no acumulado de janeiro a março houve alta de 1,6% na linha de produção de motocicletas no PIM (Polo Industrial...


Novas frentes de trabalho no AM

Considerada pelo governo do Estado como uma alternativa econômica complementar à ZFM (Zona Franca de Manaus), a Matriz Econômica Ambiental do Amazonas, instituída por meio da lei nº4.419/2016, deverá gerar pelo menos 31 mil empregos diretos nos 61 municípios do Estado, a partir deste ano, segundo o governo estadual. A nova legislação prevê o foment...


Comércio otimista com o Dia das Mães

O comércio amazonense está otimista quanto as vendas para o Dia das Mães deste ano. Considerada a segunda maior data para o setor depois do Natal, a estimativa é que as vendas tenham alta de 2,5%, em relação ao ano passado, segundo entidades de classe. Com isso, a expectativa é de que as vendas do período injetem mais de R$128 milhões no comércio l...


Revisão vai até o fim do ano

A revisão dos incentivos fiscais estaduais deve ser concluída, neste ano, em duas etapas: a primeira, em junho, sobre os incentivos industriais; e a segunda, em dezembro, previsão para a conclusão dos estudos alusivos aos setores primário e comercial amazonense. As atividades são coordenadas pela Sefaz (Secretaria de Estado da Fazenda) por meio da ...


TV Lar aposta no crescimento

Na contramão da crise que fechou as portas de muitas empresas, outras conseguiram apostar no crescimento regional e ampliaram ainda mais seus negócios. É o caso do grupo TV Lar, que atualmente comprou as antigas lojas da City Lar e Ricardo Eletro, fechadas em Boa Vista e Manaus. Com a aquisição, a empresa passou a ter um total de 41 lojas, sendo 34...


Construção sustentável custa mais caro

O investimento para a implementação de um projeto arquitetônico que apresente princípios sustentáveis, seja nas categorias residencial, comercial ou institucional, pode custar até 30% mais caro do que um planejamento que não propõe medidas ecologicamente corretas. Apesar das despesas iniciais mais elevadas, o cliente pode sentir a redução expressiv...


Setor têxtil no limite da crise

O subsetor têxtil do PIM (Polo Industrial de Manaus) enfrenta dificuldades para manter a produtividade e atender à demanda nacional de sacarias. O setor continua importando cerca de 80% da fibra de malva de Bangladesh; a cheia dos rios deverá afetar, neste ano, a safra local com perda de duas mil toneladas de fibra; além de entraves para a obtenção...


Fintechs são nova opção para empréstimos

Novas modalidades para obtenção de créditos, as Fintechs e os empréstimos pela internet atraem pelo jeito simples e 'descolado' de se conseguir dinheiro, muito diferente dos meios tradicionais. Apesar das facilidades (não é necessário sair de casa, rapidez na aprovação e taxas de juros abaixo das praticadas pelas instituições bancárias). Mas assim ...


1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9